Slider Image
Slider Image
Slider Image
Slider Image
Slider Image

Ficha Artística

Tradução | Isabel Lopes
Encenação | Fernando Mora Ramos
Cenografia e figurinos | José Carlos Faria
Iluminação | José Miguel Lontro e Fernando Mora Ramos
Música e design sonoro | Carlos Alberto Augusto
Quena (flauta andina) | António José Xavier
Interpretação | Carlos Borges, Isabel Lopes, José Carlos Faria, Victor Santos e Octávio Teixeira

Ver Programa
Ficheiro em PDF

Na Lima inventada por Merimée segundo os traços expressionistas do romantismo, um Vice Rei colonial sofre de amor e gota. Com o reino em caos crescente sob o impacto da revolta índia lá para os confins da sua geografia, e em dia de cerimónia religiosa dirigida pelo bispo local, sua alteza está enciumada por causa da actriz Perichole, sua amante, escandalosa de comportamentos num meio dominado pelas beatas da pequena corte local.
Conseguirá Perichole que o Vice-Rei lhe ceda o mais belo Coche de Lima, de fazer morrer de inveja as famílias tradicionais poderosas?
E a revolta índia, por onde andará?
Estará a resposta no índio que Tabori constrói, mais de um século depois?