3 anos de Diga 33 eleva o 3 à categoria da persistência.

O programa de poesia do Henrique Fialho tem voado com asas competentes e curiosas, por lugares recônditos e próximos, de tempo, espaço e temáticas — as poéticas de cada poeta são esses lugares mais ou menos inesperados a que chegamos e em que, não os conhecendo, acoplamos como a florestas íntimas ou épicas, bucólico-irónicas (a ecologia reintroduziu a écloga no mapa diário) e sarcásticas, etc., o mundo dos humores criativos é sem limite, as subjectivações do real caminho singulares — não sendo assim, não são, não chegando a ser, algo que de nenhuma coisa se ergue como de um vazio, ou da ilusão artificiada de um vazio, necessariamente metodológico — um artifício para regressar, a cada vez, à possibilidade criativa, ao início de um todo e tudo primordiais.

O que aqui fazemos — no Diga 33 — é vida expandida aliada a cirurgias respiratórias que sabem que não há remédio melhor que a poética insuflação boca a boca, palavra umbilicada em rede.

Programa 2020
28 Janeiro: Apresentação do livro Si dispensa dai fiori (edição volta d’amar), de JOSÉ RICARDO NUNES
18 de Fevereiro: Gravação do programa Ah, falemos da brisa!, de CLÁUDIA NOVAIS e JOSÉ CARLOS TINOCO
17 de Março: JOSÉ EMÍLIO-NELSON
21 de AbrilJ.C. COSTA MARQUES
20 de Maio
LUÍS CARMELO
16 de Junho: REGINA GUIMARÃES

21 de Julho
ANTÓNIO CABRITA

  • DATA28 de Janeiro 2020
  • HORÁRIO21:30
  • INFORMAÇÕES 966 186 871 | comunicacao@teatrodarainha.pt
  • MORADASala Estúdio do Teatro da Rainha | Rua Vitorino Fróis - junto à Biblioteca Municipal - Largo da Universidade | Edifício 2 | 2504-911 Caldas da Rainha