É no próximo dia 2 de Junho que começamos a desconfinar.

A nossa sala-estúdio reabrirá para um sessão excepcional do Diga33 programado pelo poeta e ensaísta, activista divulgador da poesia em língua portuguesa, Henrique Manuel Bento Fialho. Ao Diga 33 já vieram dezenas de poetas e pensadores da literatura nestes a cominho de 3 anos de existência. Desta vez a sessão será dedicada à colecção de peças de teatro do Teatro da Rainha — que vai no seu quinto livro e na sua décima peça — postos agora na cena do livro.
Os autores são Beckett, “Eu não”, “Cadeira de embalar” e “A Última Bobina”, Pirandello, “O homem, a Besta e a Virtude” e “Barrete de Guizos”, Martin Crimp, “Definitivamente as Bahamas” e “Play House”, Sarrazac, “Neo, Três Painéis de Apocalipse” e “A paixão do Jardineiro”, traduzidos pela actriz e dramaturgista Isabel Lopes e a sair por estes dias, de George Tabori, “Weisman e Cara Vermelha“, traduzida pelo actor, formado em germânicas, Carlos Borges.
A edição destas peças em corealização com a Companhia das Ilhas, do editor e poeta Carlos Alberto Machado, sedeada na Ilha do Pico, sinaliza o percurso que o TR tem vindo a concretizar e peças outras que gostará(ia) de concretizar se um dia encontrar escala para o fazer, assim como revela e regista para a memória vivificável a sua prática de reportório, sendo parte da Colecção Azulcobalto/Teatro/Mundo, da CI.
Como é prática do Diga33 a sessão será animada e conduzida por Henrique Fialho e participarão nela além de Isabel Lopes, Fernando Mora Ramos e Carlos Borges.
Avisam-se os nossos espectadores assíduos que é obrigatória a reserva prévia dos lugares e que a lotação será de um terço da sala — cerca de 20 lugares — sendo que a implantação das cadeiras (somos especialistas de mises en place) respeita os 2 metros da praxe, assim comos os canais de circular serão estabelecidos racionalmente, contando com a colaboração activa dos espectadores neste “jogo” das distâncias e direcções da respiração mascarada — o jogo do desconfinamento.
Entrada Livre. Lotação reduzida a 20 lugares.

  • DATA2 de Junho 2020
  • HORÁRIO21:30
  • INFORMAÇÕES966 186 871 | comunicacao@teatrodarainha.pt
  • MORADASala Estúdio do Teatro da Rainha | Rua Vitorino Fróis - junto à Biblioteca Municipal - Largo da Universidade | Edifício 2 | 2504-911 Caldas da Rainha