Estamos em guerra, ouvimos dizer. O que tem a poesia que ver com isso? Platão e Adorno são amiudadamente lembrados, nem sempre com rigor, por causa dessa relação raramente pacífica entre a essência criadora do poético e o carácter destrutivo da guerra. O primeiro, porque pretenderia expulsar os poetas da sua cidade ideal. O segundo, por questionar a possibilidade da poesia depois da inumanidade patenteada pelos campos de concentração nazis. Sobre pelejas literárias não nos pronunciamos. Preferimos, nestas vésperas de cinquentenário de Abril, questionar e reflectir a poesia no interior de um mundo que lhe é avesso e, por vezes, inóspito. A programação de Diga 33 – Poesia no Teatro teve isso em vista, desde logo no arranque com a obra de um exilado, vítima de duas guerras mundiais, perseguido pela censura, ainda hoje indexado pelas forças mais conservadoras da igreja. A inflexão pelo opus joyceano inaugura uma via que estamos dispostos a desbravar no futuro. As sessões dedicadas a Fernando Ribeiro de Mello, Luiz Pacheco e Carlos de Oliveira, culminando com o recital de poesia erótica portuguesa coligida por Natália Correia, inserem-se já nessa intenção de lembrar Abril através daqueles que mais fizeram pela liberdade literária no nosso país antes da revolução florida. Portanto, ao que era nosso hábito acrescentámos hábitos novos e com inovações que a seu tempo serão devidamente esclarecidas: um colóquio dedicado a Armando Silva Carvalho, poeta nosso vizinho, e a apresentação do projecto “4 Autores à Procura de Vozes”. A contemporaneidade estará representada por Luís Carmelo, Rosa Alice Branco, Tatiana Faia e José Pedro Moreira. «Que homem resta para beijar agora, / Para beijar, para beijar, / Ó suave corpo branco, esta / Tua suave e doce inocência?» (James Joyce)

24 JANEIRO: James Joyce por Abílio Hernandez Cardoso
28 FEVEREIRO
: João Habitualmente
21 MARÇO: Fernando Ribeiro de Mello e as Edições Afrodite , com Pedro Piedade Marques e Luís Alvarães (exibição do documentário Editor Contra)
18 ABRIL: Rosa Alice Branco
20 MAIO: Colóquio sobre Armando Silva Carvalho, com José Manuel de Vasconcelos e Ana Marques Gastão
20 JUNHO: Luiz Pacheco, por António Cândido Franco
19 SETEMBRO: Tatiana Faia e José Pedro Moreira
17 OUTUBRO: Carlos de Oliveira, por Fernando Cabral Martins
21 NOVEMBRO: 4 Autores à Procura de Vozes, com Cecília Ferreira, Elisabete Marques, Henrique Manuel Bento Fialho e Manuel Portela
19 DEZEMBRO: Recital de Poesia Erótica, a partir da recolha de Natália Correia