Nota Biográfica

Marta Taveira (1996, Porto) frequentou o Curso Profissional de Artes do Espetáculo – Interpretação, no Colégio Rainha D. Leonor nas Caldas da Rainha (2011-2014). Em 2014, estagiou curricularmente com o Teatro da Rainha onde integrou o espetáculo A Comédia de Rubena, com encenação de Fernando Mora Ramos; para a sua Prova de Aptidão Profissional fez uma criação própria intitulada Sentimos de Igual. Participou no Workshop de Método Suzuki e View Points, orientado por Nuno Gil (2014). Licenciou-se na Escola Superior de Teatro e Cinema (2014-2017) tendo apresentado o exercício final SUL, dirigido pela companhia chilena Teatro Niño Proletario, no Teatro Maria Matos (2017). Integrou o coro do espetáculo Menos Emergências encenado por Ricardo Neves Neves com o Teatro do Eléctrico, no Teatro da Trindade (2015). Esteve um ano de Erasmus na Escuela Superior de Arte Dramático de Valência (2017-2018). Fez parte do elenco da curta-metragem Uma SMS Para Antígona, realizado por Miguel Costa (2018). Participou como actriz nos Espectáculos do Teatro da Rainha: O Resto já devem conhecer do cinema, de Martin Crimp (2019), Discurso sobre o Filho-da-Puta, de Alberto Pimenta (2020), Lázaro, de Jean-Pierre Sarrazac (2021), Pertinho da Torre Eiffel, de Abel Neves (2021) e Na cama com Ofélia, de Henrique Manuel Bento Fialho (2022).